Bypass - Cirurgia Bariátrica por Videolaparoscopia

 

Quais complicações podem ocorrer?

Apesar da cirurgia ser considerada segura, existe uma chance de haver alguma complicação assim como pode ocorrer em qualquer tipo de cirurgia.

O risco de óbito após a cirurgia é baixo (menos que 1%). Por outro lado complicacões como infecçoes de ferida operatória, pneumonia, perfuração intestinal e vazamento do local da cirurgia podem ocorrer em até 10%. Após a cirurgia pode haver dilatação do estomago, vomito persistente ou falha na perda de peso.

Após a cirurgia deficiencias nutricionais como vitamina B12, folato e ferro. Suplementos vitamínicos diarios pode prevenir esse problema. Pode haver formação de pedras na vesícula após a cirurgia. A Síndrome de Dumping caracterizada por mal estar, dor abdominal, suores e diarréia pode ocorre após ingestão de alimentos contendo açucares e pode ser prevenida evitando esse tipo de alimento.

O risco dessas complicacões não é maior na técnica laparoscópica se comparada com a aberta.

O que esperar após a cirurgia?

Voce deve permanecer de 1 a 3 dias no hospital. Em agumas situações um tubo será introduzido em seu nariz e voce não poderá comer nem beber até que ele seja retirado. Voce pode sentar-se na noite da cirurgia e deverá andar no dia seguinte. Voce fará exercícios de respiração e receberá medicações para dor quando precisar.

Ao voltar a se alimentar novamente voce recebera ininicialmente 20 ml de líquido para beber a cada hora. A quantidade que voce poderá beber será aumentada gradualmente. A dieta líquida é mantida até seu medico reavaliá-lo em1 a 2 semanas.

É importante caminhar e realizar exercícios leves. Os exercçios respiratórios devem continuar em casa. A dor após a cirurgia laparoscópica é leve, mesmo assim analgésicos serão prescritos para uso domiciliar caso necessário. No primeiro retorno, o cirurgião conversará sobre as mudanças dietéticas.

Apesar de muitos pacientes sentirem-se bem poucos dias após a cirurgia , devem-se lembrar que o corpo precisa de tempo para recuperar-se. Voce provavelmente retornara a maior parte de suas atividades em 1 ou 2 semanas. Essas atividades incluem tomar banho, dirigir, subir escadas, trabalhar e realizar exercícios leves.

Quando eu devo me preocupar e entrar em contato com o medico após a cirurgia?

O médico sempre deve ser chamado nas seguintes situações:

• presença de febre persistente acima de 39°C
• sangramento
• dor ou edema abdominal
• nauseas e vomitos persistentes.
• calafrios
• tosse persistente ou falta de ar
• dificuldade para engolir que persiste após algumas semanas.
• saída de líquidos pela incisão
• edema das panturrilhas e dores nas pernas.

Dr. Vladimir Schraibman

Graduado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo, com mestrado e doutorado em Ciências Médicas pelo Departamento de Cirurgia da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina, Dr. Vladimir Schraibman é especialista em cirurgia geral, gastrocirurgia e orientador de Cirurgias Robóticas da área de Cirurgia Geral e do Aparelho Digestivo do Hospital Israelita Albert Einstein (Proctor Intuitive Robotic System) e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Videolaparoscópica (Sobracil). É médico colaborador do Setor de Fígado, Pâncreas e Vias Biliares do Departamento de Cirurgia da Universidade Federal de São Paulo, além de integrar o corpo clínico do Hospital Albert Einstein. Tem diversos artigos publicados em revistas e jornais científicos do Brasil e do exterior, além de intensa participação em congressos nacionais e internacionais.


Especialidades: